Quanto Custa Criar um Site

Quanto Custa Criar um Site



É recorrente haver preocupações sobre quanto custa um site, apesar de já termos visto que existem diversas vantagens de um site, especialmente para empresas, e que o retorno daí adveniente pode ser deveras proveitoso. De qualquer modo, se os gastos com a sua potencial presença online são algo que o apoquenta, vamos ver de forma minuciosa quanto custa criar um site, desde os gastos que são necessários, até aos que são puramente opcionais.

Podemos lembrar que pode sempre criar um site grátis, com subdomínio e alojamento gratuito, contudo, como em todos os projetos gratuitos, existem limitações a ter em consideração, em particular se quiser criar um site para o seu negócio.

Afinal, quanto custa criar um site?

Como sugerimos acima, quanto custa criar um site é uma questão que depende essencialmente do que pretende efetuar no mesmo. Nesse sentido, vamos abordar neste artigo quais são os custos fixos, que estão invariavelmente associados a qualquer projeto online, e, concomitantemente os custos facultativos.

Custos obrigatórios

Em termos de custos obrigatórios, devemos referir naturalmente os custos relacionados com a compra do seu domínio, bem como com a aquisição do seu alojamento.

Aquisição de domínio

A primeira despesa da maior parte dos projetos online reside na aquisição do domínio para o mesmo. O domínio, como sabemos, é o endereço do seu site, o qual as pessoas poderão utilizar para identificar e localizar o mesmo na Internet. De qualquer modo, o que realmente interfere no preço é a extensão preferida, pois poderão existir custos diferentes para cada extensão. Por exemplo, no Site Fácil, poderá adquirir domínios de topo a diferentes preços. As extensões .com custam € 12,50, as .net € 14,50, as .org € 15,00, .info € 14,00, enquanto as .pt são € 15,00, sendo os valores associados à renovação anual são precisamente os mesmos que os da aquisição. Ainda assim, um valor meramente simbólico.

Compra de alojamento

A segunda despesa, por sua vez, assenta na compra de um plano de alojamento. Uma conta de alojamento é obrigatória porque é a mesma que vai permitir alojar todas as pastas e ficheiros do seu site e, em última análise, permitir ter o seu site na Internet. O custo propriamente dito pode variar de forma significativa de empresa para empresa, bem como entre os diferentes planos de alojamento disponibilizados. No Site Fácil, tem ao seu dispor três planos de alojamento distintos, nomeadamente o Smart, com o custo anual de € 15,50, o Advanced, que custa € 35,50 por ano e, por fim, o Premium que custa € 65,50, cada um com características diferentes, especialmente no que se refere ao espaço em disco. De qualquer modo, se está a começar o seu site, pode arrancar com o primeiro plano, que é bastante acessível e, mais tarde, se assim pretender, fazer um upgrade para qualquer outro plano.

Portanto, para saber quanto custa criar um site simples, apenas tem de somar o custo do domínio, com o do alojamento. Até porque pode instalar gratuitamente o seu construtor de sites ou aplicativo preferido, como o WordPress, Joomla, Prestashop ou outro qualquer através do cPanel, o painel de controlo da sua conta de alojamento, para criar, editar e gerir o seu site.

Custos opcionais

No que concerne a custos opcionais, embora os mesmos não se apliquem a todos os sites, estão relacionados essencialmente com formas de melhorar os seus projetos, cujos exemplos veremos já de seguida. Ora vejamos:

Aquisição de template profissional

Embora possa encontrar com relativa facilidade templates gratuitos baseados no software que usou para criar o seu site, é certo que a aquisição de um template profissional, premium, pode ser uma forma de melhorar significativamente a imagem do seu site e, em simultâneo, de fazer o seu projeto se destacar da concorrência, o que é crucial em nichos muito competitivos. Existem várias plataformas onde pode adquirir templates de grande qualidade para vários tipos de software, sendo que podemos destacar as generalistas como o ThemeForest ou o Template Monster, com templates cujo custo varia normalmente entre os 30 a 50 dólares.

Compra de logotipo

Outra despesa facultativa, mas que pode achar importante é o da compra de um logotipo, se quiser conferir maior profissionalismo ao seu site. Apesar de existirem algumas plataformas que lhe permite criar um logotipo gratuito, para realmente ter um logotipo único, nada como recorrer a um web designer que lhe crie um logotipo de raiz. A melhor forma de poupar dinheiro é recorrer a um freelancer em detrimento de uma empresa, onde os preços dos logotipos são deveras exorbitantes. Em plataformas como o Fiverr, por exemplo, pode adquirir logotipos simples, mas personalizados, por 5 dólares, que é um valor acessível a qualquer pessoa.

Contratação de um copywriter

Por fim, outra despesa opcional, mas que pode vir a ter se não tiver qualquer aptidão para o efeito é a contratação de um copywriter, isto é, de uma pessoa que crie o conteúdo do seu site, desde as páginas, até aos artigos. Novamente, se quiser poupar dinheiro, em vez de recorrer a agências especializadas, onde os preços são muito altos, recorra a freelancers. Mas, desta feita, em vez de recorrer ao Fiverr, recorra a plataformas onde estão realmente os melhores freelancers da área, mesmo que possa pagar um pouco mais. Falamos, por exemplo, de plataformas como o UpWork ou o People per Hour, onde os freelancers geralmente têm de ter mais referências para serem contratados e prestam um serviço de melhor qualidade. Nestas plataformas, espere pagar € 0,01 por palavra ou mais.

Desta forma, tem já uma noção abrangente de todos os custos que pode vir a ter com o seu site. Agora que está familiarizado com quanto custa criar um site e reconhece que, de facto, os custos são manifestamente baixos em comparação com os proveitos que podem significar para si e para o seu projeto, crie já aqui no Site Fácil o seu site.


Partilhe esta publicação

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.