Como Melhorar a Velocidade de um Site

Como Melhorar a Velocidade de um Site



Quando estamos a criar um site, existe todo um conjunto de aspetos aos quais devemos estar atentos, de forma a otimizarmos de melhor forma o mesmo. Isto pode englobar, por exemplo, aspetos como o conteúdo, quer textos, quer imagens, meta-descrições, títulos de artigos, design e, entre outros, a velocidade.  Apesar desse aspeto poder ser, por vezes, descurado, o mesmo é essencial, pelo que vamos mostrar-lhe como melhorar a velocidade de um site.

É inegável que ninguém gosta de sites lentos, contudo, a importância desse aspeto vai mesmo além da experiência do usuário, podendo afetar o posicionamento do seu site nos motores de busca, como de resto poderemos constatar abaixo.

Porque é que a velocidade de um site é importante?

Bem, como sugerimos acima, uma das causas, se é que podemos chamar assim, para nos preocuparmos com a velocidade de um site, é naturalmente a experiência do usuário quando o mesmo acede ao seu site. Quantas vezes as pessoas saem de um site, porque o mesmo leva uma eternidade a carregar? Bem, segundo estatísticas, são imensas, o que é particularmente importante se você tiver um site corporativo ou mesmo uma loja online. Todavia, é certo que irá afetar a sua taxa de conversão, independentemente da natureza do seu site.

Além disso, a velocidade de um site é importante porque este é um dos fatores que o Google, o motor de busca mais utilizado em todo o mundo, tem em linha de conta para determinar o posicionamento do seu site nas SERP (search engines results pages), isto é, a classificação do seu site nas páginas de resultados de busca. Naturalmente, quanto melhor for o seu posicionamento, melhor serão os seus resultados em termos de tráfego orgânico.

Como testar a velocidade de um site?

Para testar a velocidade de um site, você têm várias opções ao seu dispor. De qualquer modo, pode optar por testar a velocidade do mesmo recorrendo a duas das melhores ferramentas online gratuitas existentes para esse efeito, nomeadamente:

GTmetrix

O GTmetrix permite-lhe obter uma ideia da velocidade de carregamento do seu site a partir de localizações distintas do seu (país) servidor e, em simultâneo, faculta-lhe algumas dicas de ações a pôr em prática no sentido de melhorar a mesma. Para o efeito, basta aceder ao site desta plataforma e, na página principal, no campo existente para o efeito, submeter o URL do seu site.

PageSpeed Insights

O PageSpeed Insights é uma ferramenta online do Google que, tal como o GTmetrix, permite-lhe avaliar a velocidade do seu site, mas com ênfase na avaliação da velocidade do carregamento do site quer em computadores convencionais, quer em dispositivos móveis. Para usufruir da avaliação, basta submeter o seu URL na página inicial desta ferramenta, sendo que a mesma, após analisar o seu site, irá fornecer-lhe indicações sobre os aspetos a melhorar ao nível da velocidade de carregamento.

Se procura mais ferramentas SEO, para otimizar outros aspetos do seu site além da velocidade, clique aqui.

Como melhorar a velocidade de um site?

Se gostaria de saber como melhorar a velocidade de um site, é importante referir que existem vários fatores que podem interferir com a mesma, independentemente do software que utilizou para criar o seu site. De qualquer modo, você pode:

Alterar o template

Apesar do design do seu site ser muito importante, deve verificar se o mesmo não está a prejudicar a sua velocidade de carregamento. Independentemente do template que usa ser gratuito ou pago, deve avaliar sempre se um template é rápido ou lento, antes de o instalar. Em sites reputados de temas para sites, como o Theme Forest, você pode verificar todas as características de um determinado template antes de o comprar. O ideal será optar por um template que conjugue o design desejado com uma ótima velocidade de carregamento.

Avaliar o seu servidor

O seu site está alojado num servidor rápido? Por vezes, muitos dos nossos esforços para melhorar a velocidade de um website saem frustrados pelo facto do mesmo estar alojado num servidor lento, o que é bastante típico em planos de alojamento de baixo custo. No Site Fácil, contudo, você tem a possibilidade de alojar o seu site em discos SSD, que são mais rápidos que os servidores convencionais, permitindo assim melhorar significativamente a performance do seu site. Veja como aqui.

Evitar conteúdo externo

Deve-se evitar, sempre que possível, incorporar no seu site vídeos, apresentações de diapositivos ou mesmo imagens externas. Isto porque, apesar de poderem parecer um conteúdo valioso e visualmente apelativo, podem também abrandar significativamente a velocidade de carregamento do site, pois estará sempre dependente da resposta do servidor em que tais conteúdos estão alojados. Por isso, tente ter sempre o conteúdo que usa no seu próprio servidor.

Otimizar as imagens

As imagens não otimizadas podem, na realidade, ter um grande impacto sobre a velocidade. Nesse sentido, deverá “trabalhar” as imagens antes de as carregar para o seu site, reduzindo o tamanho do ficheiro ao máximo. Dependendo do criador de sites que utilizou, podem existir plugins/módulos que o ajudam a comprimir as imagens, como o WP Smush, para o WordPress.

Reduzir os anúncios

Se você tem muitos anúncios no seu site, o que é bastante habitual, por exemplo, em blogs, considere reduzir os mesmos. Além de ninguém gostar de sites com muitos anúncios, estes podem fazer com que um site leve mais tempo a  carregar e, por vezes, basta levar mais um ou dois segundos a carregar para uma pessoa sair do site sem sequer ver o seu conteúdo.

Tornar o site responsivo

Se o seu site ainda não é responsivo, deverá optar por um o mais rapidamente possível, pois ajudar-lhe-á a melhorar a experiência que o usuário tem ao aceder ao seu site, independentemente do dispositivo utilizado, mas também poderá melhorar a velocidade do site nos dispositivos móveis. Existem também ferramentas online que o podem ajudar a melhorar a velocidade nos dispositivos móveis, como um recente projeto do Google, designado de AMP (Accelerated Mobile Pages), com o qual deverá familiarizar-se.

Estes são, então, algumas das melhores formas de que você tem ao seu dispor para melhorar a velocidade de um site. Todavia, nada como testar a velocidade do mesmo numa das opções que sugerimos acima, para determinar em que aspetos em concreto você deve se focar.


Partilhe esta publicação

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.