Ferramentas para Fazer uma Análise SEO ao Seu Site

Ferramentas para Fazer uma Análise SEO ao Seu Site



A maior parte das pessoas que trabalha na Internet, a dada altura, decerto já ouviu falar em SEO (search engine optimization). O termo, em português, significa otimização para os motores de busca e baseia-se num processo que consiste em fazer alterações num determinado site, de forma a melhorar o seu posicionamento nos motores de busca e, por conseguinte, a melhorar o tráfego orgânico daí adveniente. Por isso, cada vez mais privados e empresas procuram fazer uma análise SEO dos seus sites.

Se procura o mesmo, mais abaixo poderá ver algumas sugestões de ferramentas para esse efeito. Todavia, vamos primeiro ver em que consiste este tipo de análise, o que está incluído nas mesmas e, claro, porque é realmente importante para o sucesso do seu site.

O que é uma análise SEO

Uma análise SEO é um estudo detalhado que se faz de/para um site, com base em várias ferramentas, no sentido de melhorar o posicionamento do mesmo nos motores de busca. Existem várias ferramentas disponíveis no mercado para fazer este tipo de análise, sendo que umas são mais específicas, enquanto outras são mais abrangentes, como de resto teremos oportunidade de ver mais abaixo.

De qualquer modo, é indubitável que a ferramenta mais comum e popular para fazer uma análise SEO é o Google Webmaster Tools, porque é grátis, amigável para o usuário e, além disso, tem a marca de qualidade do Google, permitindo-lhe obter informações e dados bastante credíveis.

O que é que geralmente está incluído numa análise SEO

Se não está propriamente identificado com o que geralmente está incluído numa análise SEO, saiba que os dados obtidos podem variar consoante as ferramentas utilizadas. Mesmo assim, os dados mais recorrentes são:

  • Análise de competição do nicho;
  • Estrutura/layout do site;
  • Falta de conteúdo ou “thin content” (conteúdo fraco ou curto);
  • Existência de conteúdo duplicado;
  • Integração das redes sociais;
  • Relatórios sobre links (links quebrados, backlinks);
  • Relatórios sobre palavras-chave;
  • Responsividade (adequabilidade para os dispositivos móveis);
  • Uso de texto alternativo nas imagens;
  • Uso de meta-descrições
  • Velocidade de carregamento

Por vezes, pode ser necessário usar mais do que uma ferramenta, de forma a recolher o máximo de dados possíveis e, posteriormente, agir de acordo com os mesmos. Independentemente dos dados, é importante que, depois de criar um site, faça esse tipo de análise para melhorar o mesmo.

Porque é que uma análise SEO é importante

Uma análise SEO minuciosa do seu site é importante, porque possibilita que você tome um conjunto de medidas, baseadas em informações e dados válidos, no sentido de melhorar o posicionamento do seu site nos motores de busca. Naturalmente, quanto melhor for o seu posicionamento, mais tráfego orgânico (isto é, gratuito, associado a pesquisas efetuadas nestes motores) poderá receber no seu site.

Normalmente, quando se faz uma análise, obtém-se um relatório que lhe indica quais são as áreas problemáticas do seu site, bem como obstáculos a um melhor posicionamento do site, o que, por sua vez, permite que foque essencialmente os problemas detetados, em particularmente os que têm um maior impacto em termos de SEO.

A análise e ação subsequente ajudar-lhe-ão a melhorar a classificação das páginas do seu site nas SERP (search engine results pages). Isto fará com que paulatinamente comece a receber mais visitas provenientes do Google e outros motores de busca e, em simultâneo, se tiver um projeto comercial, como uma loja online ou site de vendas, mais leads e conversões.

Ao contrário do que possa pensar, não precisa de recorrer a qualquer empresa ou profissional, isto se tiver disposto a aprender os fundamentos de SEO e, claro, aceder a ferramentas muitos úteis para esse efeito, como as que poderá ver mais abaixo.

Ferramentas para fazer uma análise SEO ao seu site

No Site Fácil, disponibilizamos aos nossos clientes várias ferramentas SEO que decerto ajudar-lhes-ão a otimizar os seus sites. Mesmo assim, se procura ferramentas adicionais, vamos-lhe indicar algumas das suas melhores opções por diferentes áreas. Assim sendo, poderá aceder a ferramentas para avaliar:

Conteúdo

Se trabalha com sites há algum tempo, você decerto já ouviu a expressão “o conteúdo é rei”. Ora, além de ter de criar conteúdo “fresco” com regularidade, de qualidade e relevante, é também fulcral que  o otimize adequadamente para os motores de busca. O Yoast WordPress Plugin, por exemplo, permite-lhe otimizar um artigo à maneira que o está escrevendo.

Palavras-chaves

Para fazer uma análise SEO das palavras-chave passíveis de suscitar o seu interesse, existem diversas ferramentas ao seu dispor, desde as conhecidas Google Keyword Planner e Keyword Explorer da Moz, até a menos conhecidas, mas igualmente úteis, como o Übersuggest, para trabalhar palavras-chave de cauda longa.

Posicionamento

É bastante importante saber qual é a posição em que uma  determinada página do seu site se encontra nos motores de busca, para que possa trabalhar no sentido de melhorar o posicionamento da mesma. Existem ferramentas que o podem ajudar nesse sentido, desde o Webmaster Tools até ao SEMrush.

Velocidade

É indubitável que a velocidade de carregamento de um determinado site é um dos fatores que os motores de busca têm em consideração para classificarem os sites nas SERP. Para avaliar a velocidade, existem duas ferramentas que são regularmente utilizadas, que é o PageSpeed Insights, uma ferramenta do próprio Google e, também, o GTmetrix.

Geral

Se procura ferramentas que lhe permitem fazer uma análise SEO geral do seu site, para além do Google Webmaster Tools, pode sempre optar por recorrer ao WooRank ou ao Screaming Frog. Estas são importantes porque permitem-lhe encontrar vários problemas e aspetos em que pode melhorar, como os relacionados com links quebrados, conteúdo duplicado, entre outros.

Com as informações e dicas supracitadas, decerto poderá fazer uma análise de SEO adequada ao seu site e melhorar o mesmo com base nas informações recolhidas, para assim subir alguns degraus na escada do posicionamento nos motores de busca.


Partilhe esta publicação

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.