Como Melhorar o Posicionamento no Google

Como Melhorar o Posicionamento no Google



Quando criamos um site ou blog, dependendo da competitividade do nicho em questão, pode ser muito difícil chegar à primeira página do Google, aquela que pode alavancar significativamente o seu tráfego (orgânico). Uma grande percentagem dos usuários que efetua pesquisas neste motor de busca (cerca de 91%), não passa da primeira página, pelo que vamos ver como melhorar o posicionamento no Google.

Para melhorar esse posicionamento, é preciso colocar em prática uma série de estratégias de SEO (search engine optimization), isto é, de otimização para os motores de busca, neste caso o Google. De qualquer modo, antes de nos debruçarmos nestas estratégias, deverá familiarizar-se com a importância de melhorar esse posicionamento.

A importância de melhorar o posicionamento no Google

Se não está propriamente identificado com a importância ou, se preferirmos, com as vantagens associadas a um melhor posicionamento no Google, abaixo poderá constatar facilmente o porquê do posicionamento, em especial na primeira página, ser vital para o sucesso do seu site. Ora vejamos:

  • Aumento exponencial do seu tráfego orgânico.
  • Aumento dos níveis de conversão.
  • Mais receitas e lucros.
  • Maior exposição e visibilidade junto do público-alvo.

Além disso, um bom posicionamento significa que o Google vê o seu site como sendo autoritário, o que é ótimo. Por isso, se quer melhorar o posicionamento do seu site, veja abaixo como poderá fazê-lo.

Como melhorar o posicionamento no Google

Como sugerimos acima, para melhorar o posicionamento no Google, é necessário recorrer a vários métodos de otimização de sites. Nessa ótica, você pode:

Criar conteúdo relevante

A criação de conteúdo de qualidade, original e, naturalmente, relevante, é o fator mais importante para melhorar o posicionamento no Google. Decerto já ouviu a expressão “o conteúdo é rei” e, na verdade, isto acontece, porque o conteúdo, seguindo as premissas supracitadas, pode aumentar drasticamente o tráfego de um site, melhorando também a sua autoridade perante os motores de busca e a sua relevância.

Pense numa palavra-chave para cada página e na forma como outras pessoas poderiam pesquisar essa palavra no Google, incluindo algumas variações desta palavra na página. Para o efeito, poderá usar planejadores de palavras-chave, os quais decerto ajudar-lhe-ão a encontrar as palavras mais relevantes para o seu nicho de mercado. Além disso, não se esqueça de usar negritos, subtítulos, ter parágrafos e frases curtas, de forma a formatar corretamente o texto.

Atualizar regularmente o conteúdo

Você provavelmente já constatou que os sites e blogs que recebem muito tráfego têm muito “conteúdo fresco”. Isto porque estes projetos sabem que é muito importante atualizar regularmente o conteúdo, adicionando mais páginas ou posts. Na realidade, a atualização regular de conteúdo é vista como o melhor indicador da relevância de um site, por isso, nada como mantê-lo devidamente atualizado.

Mesmo assim, lembre-se sempre que os melhores textos são escritos não para os motores de busca, mas sim para os usuários. Se o fizer, os próprios motores de busca recompensar-lhe-ão posteriormente com mais tráfego.

Otimizar títulos e descrições

Quando estiver a criar o seu conteúdo, é importante que tenha em atenção a otimização dos títulos e descrições dos textos, para além de outros aspetos relacionados com o texto propriamente dito.

Assim sendo, o título deverá ter entre 40 a 55 caracteres, conter a principal palavra-chave da página em questão, e ser apelativo, de forma a levar as pessoas a clicarem no mesmo, para lerem o conteúdo. Não menos importante é, naturalmente, a descrição da página. Novamente, deverá incluir a sua palavra-chave, e a descrição deverá ser concisa e apelativa.

Se possível, inclua um call to action, para promover os cliques, do tipo “saiba mais aqui”. Dependendo do software que usou para criar o seu site, existem plugins e/ou módulos que o ajudam nesse propósito, como o Yoast SEO para WordPress.

Melhorar a velocidade do seu site

A velocidade de carregamento do seu site é muito importante, até porque, quando um site demora a carregar, o usuário pode abandonar o mesmo sem sequer ver o seu conteúdo. Isto faz com que a taxa de rejeição, um fator tido em linha de conta pelo Google para classificar as páginas nas SERP (search engine results pages), aumente significativamente, o que é de todo evitável.

Deverá ter em conta a velocidade de carregamento, quer em desktops, isto é, em computadores convencionais, quer em dispositivos móveis. De qualquer modo, muitas vezes, é possível melhorar a velocidade de um site, mudando de plano de hospedagem ou de host. No Site Fácil, permitimos que os nossos clientes hospedem os seus sites em discos SSD, superiores aos discos normais, melhorando o seu desempenho até 300%.

Ter uma estratégia de link building

O link building, isto é, a criação de links (hiperligações) em outros sites que apontem para o seu, continua a ser muito importante. Os links, caso não saiba, funcionam como votos e, assim, quantos mais links tiver apontando para o seu site melhor.

Mesmo assim, cada vez mais, é preciso ter em atenção a proveniência dos links. Isto porque o Google privilegia os links de sites de qualidade, com boa autoridade e, claro, relevantes, ou seja, de um nicho semelhante ao seu.

Além disso, deve-se promover a criação de links internos, de forma a interligar as páginas. Esta é, inclusive, uma ótima forma de reduzir a taxa de rejeição, devendo certificar-se, contudo, que modifica o texto âncora, para parecer o mais natural possível.

Tornar o seu site responsivo

Como cada vez mais pessoas recorrem aos seus dispositivos móveis para acederem à internet, a responsividade de um site é também um fator que o algoritmo do Google tem em consideração para classificar as páginas de resultados.

Ter um site responsivo, certificando-se que o mesmo é apresentado de forma análoga em qualquer dispositivo usado pelo usuário, como o computador, smartphone ou tablet, é, por isso, uma das melhores formas de promover um melhor posicionamento no Google. Em muitos casos, para fazê-lo, basta adotar um template responsivo, em detrimento de um template estático. Veja aqui como fazer um site responsivo.

Usar texto alternativo nas imagens

É importante que tenha em consideração as métricas de SEO nos textos, mas não menos importante é a otimização das suas imagens. Por isso, sempre que usar imagens junto dos seus textos, não descure a sua otimização. Esta passa por usar a “alt tag”, certificando-se que preenche adequadamente o campo de texto alternativo das imagens.

Além disso, sempre que associar uma determinada imagem a um texto, é também útil usar palavras-chaves trabalhadas no mesmo, de forma a fomentar a sua otimização e a facilitar os usuários e motores de busca a localizarem a sua página.

Para o ajudar a otimizar o seu site e, por conseguinte, melhorar o posicionamento no Google, disponibilizamos aos nossos clientes aqui, no Site Fácil, uma série de ferramentas de SEO.


Partilhe esta publicação

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.