Como Baixar a Taxa de Rejeição do Seu Site

Como Baixar a Taxa de Rejeição do Seu Site



Se você tem sentido algumas dificuldades em aumentar o seu tráfego orgânico, bem como em converter as suas visitas em leads ou em vendas, pode ser que a taxa de rejeição do seu site esteja elevada, fazendo com que não esteja a ter os resultados que almeja.

Isto significa que os visitantes que realmente chegam ao seu site estão a sair do mesmo, sem que consiga convertê-los em contactos e, claro, em vendas, isto se se tratar de um site empresarial naturalmente. De qualquer modo, quer um site empresarial, quer um site pessoal, podem beneficiar das vantagens associadas a uma taxa relativamente baixa. Por isso, vamos ver abaixo o que é, como controlar e, finalmente, como baixar a taxa de rejeição do seu site com medidas simples de implementar.

O que é a taxa de rejeição?

Se não está propriamente familiarizado com esta taxa, a mesma refere-se a uma percentagem que mede as pessoas que entram no seu site sem visitar outras páginas para além da sua página de entrada. Trata-se de uma forma de medir a qualidade da sua página/site, sendo que uma taxa elevada pode indiciar que a página em questão não é relevante para os visitantes.

Assim, quando um usuário entrar no seu site, para uma determinada página, e deixar o site sem visitar outras páginas, isso é entendido como uma rejeição, sendo que a taxa representa todos os usuários que visitam o seu site e não clicam noutras páginas.

Como controlar a sua taxa de rejeição

Se não sabe como ver e controlar a taxa de rejeição do seu site, basta criar uma conta no Google Analytics, um serviço gratuito que lhe permite avaliar vários dados e estatísticas do seu site, entre os quais esta taxa, registar o seu site e colar o código de rastreio no mesmo.

É importante controlar e, se possível, baixar mesmo esta taxa, pois, além de afetar a sua taxa de conversão, pode também afetar o seu posicionamento nos motores de busca, uma vez que esse é um dos aspetos que motores de busca como o Google têm em consideração para posicionar um determinado site nos seus resultados de busca, isto é, nas SERP (search engine results pages).

De qualquer modo, se a sua taxa for elevada, é um sinal de que o seu site, bem como o seu conteúdo precisa de ser modificado. Como? É o que veremos mais abaixo.

Como baixar a taxa de rejeição de seu site

Se pretende baixar a taxa de rejeição do seu site, existe uma série de medidas que pode colocar em prática, como:

Criar um call to action

Uma forma de levar um usuário (potencial cliente), em sites de vendas, a visitarem outra página, além da de entrada, é criar um call to action (CTA). Esta ferramenta de marketing, altamente eficaz, visa despoletar o interesse de uma pessoa a fazer uma determinada ação no imediato. “Compre já” ou “Registe-se agora” são exemplos muito comuns e contêm uma hiperligação para outra página, para finalizar ou completar a ação.

Inserir hiperligações no texto

Independentemente de ter um site empresarial ou um blog pessoal, criar hiperligações, isto é, links no texto para outras páginas relevantes é uma das melhores formas de melhorar a taxa de rejeição do seu site. Esta é, pois, uma forma de levar o leitor a visitar outras páginas no seu site, para além da página de entrada e, concomitantemente, de manter-se mais tempo no site. Não se esqueça, contudo, de variar ao máximo o seu texto âncora, pois, se usar sempre o mesmo texto, poderá ser “penalizado”. Tente ser o mais natural possível na criação dos links e textos âncora, diversificando-os.

Melhorar a legibilidade do seu conteúdo

Apesar de ser importante usar métricas de SEO (search engine optimization) no seu site e conteúdo, é preciso não esquecer que você está a escrever essencialmente não para os motores de busca, mas sim para pessoas reais. Nesse sentido, melhore a legibilidade do seu conteúdo. Isto pode ser feito, por exemplo, melhorando a formatação do seu texto, mesmo que tenha conteúdo de grande qualidade. O uso de subtítulos, de frases e parágrafos curtos e bullet points pode melhorar e facilitar significativamente a leitura de um texto, permitindo que o leitor possa ler o mesmo até ao fim, em detrimento de abandonar o mesmo a meio por não estar devidamente formatado.

Melhorar a velocidade do seu site

Ninguém gosta de sites lentos e a verdade é que muitas pessoas não chegam sequer a ver o conteúdo de site, e muito menos o de outra página, quando o mesmo leva muito tempo a carregar. Nesse sentido, tenha esse aspeto em consideração, mudando de serviço de hospedagem se necessário, otimizando as suas imagens e outros conteúdos, recorrendo a uma CDN (content delivery network), entre outras medidas. Ferramentas online gratuitas, como o PageSpeed Insights ou o GTmetrix podem ajudar-lhe a verificar se o seu site está lento e, se sim, que aspetos pode  melhorar no mesmo.

Optar por textos mais longos

Uma página de vendas não tem necessariamente de ser longa, na verdade, em muitos casos, é preferível manter o texto curto, focando-se no essencial. Todavia, quando se escreve artigos para blogs, independentemente da sua natureza, é importante optar por textos mais longos, superiores a 1000 palavras. Artigos longos e originais, bem escritos e fundamentados, para além de ajudarem a conferir autoridade ao seu projeto, permitem também que os usuários se mantenham mais tempo no site, sendo que o tempo em que as visitas ficam num site é precisamente um dos aspetos que influenciam a taxa de rejeição. A integração de vídeos poderá também ser uma ótima estratégia para esse efeito.

Tornar o seu site responsivo

A responsividade do seu site, além de ser um outro fator tido em linha de conta pelos motores de busca para posicionar os sites, também interfere com a sua taxa de rejeição. Na verdade, atualmente, muitos usuários usam os seus dispositivos móveis, como o smartphone ou tablet, para acederem à Internet e, por conseguinte, aos sites que desejam visitar. Por isso, sites que estejam devidamente otimizados para esses dispositivos podem melhorar significativo esta taxa, ao contrário do que sucederá aos sites que não têm esse aspeto em consideração.

Dito isto, melhorando a sua taxa de rejeição, a longo prazo, poderá colher vários benefícios, devido à otimização da sua taxa de conversão e, naturalmente, a um potencial melhor posicionamento nas páginas de resultados dos motores de busca.


Partilhe esta publicação

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.