Como criar um blog profissional

Como criar um blog profissional



Como criar um blog profissional? Quer se trate de um projeto empresarial, quer um projeto pessoal, as possibilidades associadas à criação de um blog profissional são totalmente distintas das de um blog amador.

O blogging tornou-se numa ótima ferramenta de marketing, em concreto, de marketing de conteúdos e, nessa ótica, é muito importante para todos as pessoas que estão a tentar estabelecer uma marca.

Claro que se tiver um site corporativo, profissional, é mais fácil associar um blog ao mesmo, porém, mesmo que não saiba como criar um blog profissional, poderá criá-lo de raiz. Neste guia, ajudar-lhe-emos não só a distinguir um blog amador de um blog profissional, mas também a conhecer os passos a dar para criar um blog com essas características para o seu projeto, independentemente da sua natureza.

Mas, o que é um blog profissional?

Naturalmente, quando nos referimos a um blog profissional, não nos referimos a um blog criado em plataformas gratuitas, como é o caso do Blogger ou do WordPress.com, embora sejam plataformas válidas para blogs amadores.

Como criar um blog profissional dá azo a muitas dúvidas, muitas pessoas podem pensar que trata-se essencialmente de um blog associado a um site empresarial. Porém, um blog não tem necessariamente de pertencer a uma empresa para ser considerado profissional. Qualquer pessoa pode criar um blog deste tipo e, em simultâneo, pessoal, ligado a vários nichos, desde fotografia até à moda.

É o que faz com o blog que torna o mesmo profissional. Um blog afim deverá reunir uma série de características para que o possamos designar deste modo. As principais características que deverá ter são:

  • Alojamento próprio;
  • Conteúdo original, de qualidade, otimizado para conversões;
  • Domínio personalizado e não subdomínio;
  • Instalação de CMS com tema/template profissional;
  • Integração de logotipo representando a marca;
  • Otimizado para os motores de busca.

Descubra como criar um blog profissional

Mesmo que não esteja propriamente identificado sobre como criar um blog profissional, isso não invalida que não consiga fazê-lo. Desta forma, se você pretende montar um blog, que reúna todas as características veiculadas acima, deverá colocar em prática os seguintes passos:

1 – Compra de domínio

Se não pretende associar o blog a nenhum site já existente, então deverá começar por registar um novo domínio para o efeito. O domínio é muito importante, pois deverá ser um espelho do nome do projeto, bem como da sua marca. Além disso, é sempre importante estar atento à extensão escolhida para o domínio. As melhores extensões que pode escolher para o seu blog são, naturalmente, as de topo, como: .com, .net, .org, .info, ou mesmo as nacionais, como .pt ou .com.br.

2 – Hospedagem profissional

A hospedagem é a casa do seu blog, onde todo o seu conteúdo é guardado. Por isso, um blog profissional não pode de forma alguma estar hospedado em serviços ou servidores gratuitos, pois tem sempre o risco de perder todo o seu conteúdo, sem qualquer possibilidade de recuperar o mesmo. Nesse sentido, é vital que hospede o seu site em serviços profissionais. Mesmo que pagos, estes permitem-lhe manter a todo o tempo o domínio sobre o seu projeto, além de terem diversas características, desde a disponibilização de painéis de controlo até a instaladores de aplicativos (como os CMS) que você não encontra em serviços gratuitos.

3 – CMS adequado

O CMS (content management system) é o aplicativo que lhe permite publicar o seu conteúdo. A escolha do sistema de gestão de conteúdo mais adequado para o seu blog é importante. De qualquer das formas, existem CMS bastante populares e fáceis de utilizar que decerto permitir-lhe-ão criar o blog que pretende, como o WordPress, quiçá mesmo o mais popular, o Joomla ou o Drupal.

Dependendo do CMS escolhido, existem diversas plataformas online que lhe permitem adquirir temas/templates profissionais. Em sites como o Theme Forest, você encontra inúmeros temas profissionais para vários sistemas de gestão de conteúdo.

4 – Criação de conteúdo

A criação de conteúdo para o seu blog é, naturalmente, importante, mas não menos importante é a qualidade do mesmo, originalidade, bem como a isenção de erros ortográficos ou gramaticais.

Os conteúdos deverão abordar os temas de uma forma cuidada, com textos superiores a 300 palavras, devidamente estruturados com subtítulos, com boa densidade de palavras-chave e, sempre que necessário com integração de técnicas de conversão, como o call to action, para obter os resultados pretendidos, especialmente se o blog estiver relacionado com um site em particular ou com qualquer programa de afiliados.

Além disso, não deve descurar a publicação frequente de conteúdo, uma vez que motores de busca, como o Google, gostam e privilegiam blogs que são atualizados com regularidade. Mesmo que não tenha disponibilidade ou capacidade de criar artigos com essas características, existem copywriters profissionais, bem como agências de conteúdo, que poderão facultar-lhe o serviço que pretende.

5 – Otimização para os motores de busca

A otimização de um site ou de um blog para os motores de busca é crucial para se obter o tipo de tráfego pretendido e aí reside, muitas vezes, a diferença entre um projeto amador de um profissional.

A otimização de um blog requer que se empregue técnicas de SEO (search engine optimization) que vão muito além dos seus artigos. Nessa ótica, aspetos como as meta-descrições, a velocidade do site, o tamanho das imagens, a responsividade do blog em diferentes dispositivos, entre outros aspetos, não devem ser descurados.

Atualmente, os motores de busca usam um conjunto de algoritmos para definir a classificação de um site nos seus resultados de busca. Por isso, quer a otimização onsite,  quer a offsite deve ser devidamente efetuadas, para se conseguir ter um bom ranking no Google, Bing, e outros motores.

Se não está identificado com a otimização de blogs, existem ferramentas de SEO que lhe podem ajudar.

6 – Logotipo personalizado

Um logotipo que represente adequadamente a sua marca é crucial para transmitir a imagem profissional desejada a qualquer pessoa que visita o seu blog. A maior parte dos blogs amadores não utiliza logotipos ou, se o faz, usa somente logos de baixa qualidade.

Se possível, recorra aos serviços de um web designer, que lhe possa criar um logotipo passível de conferir outra imagem ao seu blog. Para o efeito, não tem de recorrer necessariamente a uma empresa de web design, uma opção mais onerosa, podendo escolher trabalhar com um freelancer.

Se não estava familiarizado sobre como criar um blog profissional, as dicas que referimos acima decerto ajudar-lhe-ão nesse propósito. Contudo, mesmo assim, em caso de dúvidas e se desejar optar por criar o seu blog na nossa plataforma, teremos todo o gosto em lhe ajudar. Para o efeito, entre em contacto connosco.


Partilhe esta publicação

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.