O que é hashtag (#) e para que elas servem

O que é hashtag (#) e para que elas servem



Para quem está a dar os primeiros passos nas redes sociais, as hashtags podem dar azo a alguma confusão. Afinal, para que servem links precedidos por #? Bem, apesar de à primeira vista poderem causar um pouco de confusão e até poderem parecer um pouco inúteis, a verdade é que se podem revelar como sendo bastante importantes, quer do ponto de vista individual, quer empresarial, se for o caso.

Também importante é saber adequadamente como usá-las, de forma a tirar o devido proveito das mesmas. Por isso, neste artigo, procuraremos explicar-lhe, o que é hashtag, bem como para que é que elas servem, a par de outras informações igualmente úteis.

Então, o que é uma hashtag e para que elas servem?

Podemos definir uma hashtag como uma palavra ou frase precedida pelo símbolo cardinal/hash (#) quando usado em redes sociais e aplicativos, em particular no Twitter, de forma a facilitar a identificação de mensagens sobre tópicos específicos.

O termo teve a sua génese no Twitter, onde uma hash seguida de uma palavra ou frase torna-se num link pesquisável. Mas, além de tornar um termo ou frase num link pesquisável, as hashtags também permitem agrupar tópicos, o que é ótimo para os usuários que pesquisam conteúdo com essas palavras-chave, facilitando o acesso aos mesmos.

Por isso, quando devidamente utilizadas, as hashtags podem ajudar-lhe a ligar o seu público-alvo com o seu conteúdo e, em simultâneo, propiciar a consciencialização desse mesmo público com a sua marca, mesmo que esse público não seja ainda, de momento, seu seguidor.

Apesar de a sua origem remontar ao Twitter, o seu uso rapidamente se tornou prática corrente em outras redes sociais, cujos exemplos veremos mais abaixo.

Tipos de hashtags

As hashtags são iguais no seu formato, contudo, diferem de acordo com o seu conteúdo e uso. Nesse sentido, vejamos alguns dos principais tipos de hashtags:

  • Brand hashtag (hashtag de marca): são frequentemente usadas nas redes sociais pelas marcas quando fazem uma publicação. Dentro desta hashtag, podemos encontrar também um subtipo, nomeadamente o product hashtag.
  • Campaign hashtag (hashtag de campanha): normalmente, são usadas durante um determinado período de tempo, para promover um evento ou causa. Pode também servir para centralizar a comunicação em torno de um tópico.
  • Location hashtag (hashtag de localização): como o próprio nome sugere, estas hashtags são usadas essencialmente por marcas, quer locais, quer nacionais, para promoverem um produto ou serviço numa área geográfica específica, ou, então, são usadas para divulgação de notícias. Permite chegar mais facilmente às pessoas que vivem numa determinada área.
  • Subject hashtag (hashtag de assunto): provavelmente a mais importante, esta hashtag é usada essencialmente para chegar às pessoas que partilham o mesmo interesse ou com interesses específicos.
  • Trending hashtags (hashtag de destaque): trata-se das hashtags de maior destaque, estando visíveis e ativas entre uma grande audiência. As mais comuns encontram-se na barra lateral do Twitter.

Como fazer uma hashtag

Se não sabe como fazer uma hashtag, é importante que esteja a par de algumas dicas para que possa usá-las corretamente e poder tirar o devido proveito das mesmas. Como já vimos o que é uma hashtag e quais são os elementos da mesma, isto é, hash/cardinal mais uma palavra ou palavras, vamos ver agora algumas situações mais específicas para saber de antemão o que pode e não usar quando for fazer uma hashtag.

Podemos começar por referir que tanto a hash como a palavra ou palavras que vêm a seguir estão ligadas. Ou seja, não tem espaços entre si nem devem ter, mesmo que use várias palavras na sua hashtag. Se quiser diferenciar as palavras entre si, poderá aplicar maiúsculas nas letras iniciais de cada palavra, por exemplo #GuerraDosTronos, embora tal não seja obrigatório nem tenha influência posteriormente nos resultados de pesquisa. Na verdade, os resultados que obterá serão os mesmos caso pesquise por #GuerraDosTronos ou por #guerradostronos.

A par de maiúsculas, pode também usar números numa hashtag, sempre que tal se justifique. Mas elementos de pontuação não devem ser usados, como vírgulas ou pontos de exclamação, nem outros caracteres especiais.

Quando usar o Twitter, tenha em consideração que o símbolo # é diferente de @ e que, por isso, tem aplicações diferentes nessa rede social. Se você quer marcar um conteúdo, deverá usar uma hashtag, mas, por outro lado, se quiser enviar um tweet diretamente a alguma pessoa em particular, deverá usar não a hash, mas sim @ seguido do nome que essa pessoa utiliza no Twitter. Portanto, uma hash não deve ser usada para contactar diretamente alguém, mas sim para identificar ou agrupar conteúdo.

De resto, você pode usar praticamente qualquer hashtag que desejar. Não existe qualquer manual ou lista com hashtags, o que significa que você pode criar uma hashtag, mesmo que esta nunca tenha sido utilizada anteriormente.

Dicas de boas práticas para criar uma hashtag

Acima, já vimos alguns aspetos a ter em consideração quando criar uma hashtag. Mesmo assim, vamos ver algumas boas práticas para quando começar a criar as suas próprias hashtags nas redes sociais:

  • Faça uma introdução: muitas pessoas incorrem no erro de ter apenas hashtags na publicação, sem incluírem uma breve apresentação. Por isso, evite essa situação e aproveite para introduzir o conteúdo aos seus leitores antes de usar as hashtags.
  • Controle o número de hashtags: evite encher a sua publicação com hashtags. Nesse sentido, para não exagerar, crie somente entre uma (no Twitter só uma ou duas) e cinco hashtags, dependendo da rede social.
  • Mantenha a hashtag simples e curta: quando é muito longa, pode causar confusão, o que é de todo evitável, e não surtir os resultados positivos que espera conseguir. Por isso, mantenha a simplicidade, preferindo hashtags simples com uma ou duas palavras.
  • Utilize palavras-chave relevantes: a seguir à hash, certifique-se que usa palavras-chave relevantes, isto é, palavras que realmente tenham a ver com o seu conteúdo e que, em simultâneo, sejam palavras que as pessoas usam para pesquisar.

Em que redes sociais pode usar as hashtags

A maior parte das grandes redes sociais permitem que você use hashtags, entre as quais devemos destacar:

Facebook

Apenas nos últimos anos é que esta rede social disponibilizou suporte para as hashtags na sua plataforma, embora a sua utilização não seja tão habitual pelos usuários como, por exemplo, no Twitter. Mesmo assim, pode criar e clicar em hashtags no Facebook, as quais levam os usuários para uma lista de artigos contendo tal hashtag.

Google+

O Google+ é outra rede social em que pode também usar as hashtags, bem como clicar nas mesmas. Quando o faz, será reencaminhado para os resultados de busca, os quais mostrar-lhe-ão tanto a hashtag original, como também outras publicações com etiquetas e palavras-chave semelhantes.

Instagram

O Instagram é uma rede social que lhe permite captar, editar e partilhar fotos facilmente, mas na qual pode também usar as hashtags. No Instagram podem ser usadas para complementar as fotos partilhadas na rede, ver novos usuários e, ainda, ganhar mais seguidores.

Pinterest

No Pinterest, as hashtags podem ser usadas tanto para marcar e agrupar conteúdo como para pesquisar o mesmo. Na descrição de um pin, você poderá clicar na hashtag, se desejar ver os resultados associados a tal hashtag.

Twitter

O Twitter foi o berço das hashtags, tais como as conhecemos. Por isso, é precisamente nesta plataforma onde a utilização das hashtags é mais abrangente. Aqui, as hashtags são usadas essencialmente para especificar os tópicos de conversação. Esta rede social permite também aos seus usuários acederem às hashtags que podem eventualmente lhes interessar, com base nos seus tweets.

Esperamos que este guia dedicado a o que é uma hashtag, para que serve e como usá-la lhe seja útil e que, doravante, possa não só pesquisar conteúdo, mas, acima de tudo, marcar conteúdo que crie com hashtags para ganhar mais leitores para o seu conteúdo, bem como mais seguidores para as suas contas ou páginas nas redes sociais.


Partilhe esta publicação

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.